•  

    Sente,

    meu corpo ávido de desejo

    sentindo teu cheiro,

    teu sabor sentir teu sexo exposto ao meu,

    sente como eu sinto,

    nós dois um só!  

    Mantra,

    no meu espírito meu corpo

    se eleva ao topo do universo

    querendo encontrar teu corpo

    junto ao infinito almas cruzadas

    formando-se em uma só  

    Mentes?

    minto!

    minto se digo não querer teu corpo no meu!

    minto se digo não quer sentir teu cheiro!

    Minto se digo,

    não querer unir nossos sexos desenfreadamente!  

    Tantra suavemente me entrego

    suavemente te entregas

    numa quietude de aromas,

    gostos sensações atingindo um Orgasmo em uníssono  

    Doente,

    fico de saudade

    do que ainda irá acontecer

    da distancia que nos separa

    dos preconceitos que nos querem impor da saudade de ti  

    Sonha!

    Sonho,

    com o momento

    em que todas as palavras

    se tornam numa frase só

    "queremos, sentimos, nos entregamos, derrubamos todos os preconceitos,

    todas as ilusões que o desejo intimo não pode ser vivido!

     

     

     

    " autor: Romeu (Jony be good) dedicado a sua Julieta num momento que não queiram saber em como se encontrava


    votre commentaire
  • Tanto carinho para partilhar!

    Dois corpos, se amando partilhando,

    toda a essência de seu ser

    partilhando todos os momentos únicos

    seus suores se misturando

    suas línguas se embrulhando

    seus sexos saltitando

    eis Romeu e Julieta

    em seu primeiro encontro juntos

    se descobrindo no corpo o que na alma

    já encontraram entre misturas de gostos misturas

    de sabores de odores concentrados de peles excitadas

    se descobrindo entre abraços beijos caricias desejos

    se entregando se amando se desejando

    cada instante revivendo todos os carinhos

    que tanto partilharam

    se entregam

    repetindo infindavelmente todos os prazeres

    a que têm direito

    corpos se amam almas únicas

    que formam um só

    se entregam

     se deleitam

    merecem ter todo o universo

    se merecem

    pois só eles sabem

    pois só eles se amam um no outro

     

    Jony be good (16-08-2012 - 18:26h)

     

     

    Poema escrito e editado por mim (Romeu) dedicado a Julieta 


    votre commentaire
  •  

    quero sentir teu pecado

    quero sentir o cheiro de teu corpo

    quero sentir o vibrar de tua voz em meu ouvido

    quando me falas no ouvido "desejo-te"

    quero ver teu corpo vibrar de tesão

    quero sentir o gosto de teu corpo, enquanto exploro-te divinamente

    quero sentir minhas mãos percorrendo-te, explorando-te

    quero-te em mim e eu em ti

    quero pecar contigo

    Romeu (17/06/2012)


    votre commentaire
  •  

    LEMBRAS-TE


    Aquela chuva miúda

    Que nossos lábios molhou

    Os dois fujimos

     No shopping entramos

    Os cabelos libertamos
    Nossos corpos suados

    De emoção de cansaço

    Como crianças inocentes

    No banheiro entramos
    A estranheza era grande

    E o avanço impedia

    Mas tremulas, minhas mãos

    Teus seios buscaram

    Tua blusa abriram.
    Meus dedos percorreram

    Teu corpo ardente

    Num abraço de desejo

     Nosso corpos arderam
    Com meus dedos entrei

    Nessas portas proibidas

    Teus gemidos ouvi

    Tua respiração senti
    Fomos loucos os dois

     Duma loucura de amor

    Fechados os dois

    Em paredes de cartão

    O medo era tanto

    O prazer enibriava

    Libertava nossos corpos

     Misturava nosso suor

     Nossos gemidos também

    E deixava o nosso sexo húmido

    Em proporções nunca vistas.
    Mas a loucura tem um fim

     E a nossa também

     Cheios de vergonha saimos

    E ao mundo voltamos
    Somos pecadores?

    Por esse amor alimentar?

     Inferno é meu destino

    Só por te devorar.

     


    Fernando Galvão         


    votre commentaire
  • sonhos doces

    em uma madrugada

    desperto molhado

    sentido

    amado

    desperto entre sonhos lindos

    doces de encanto

    desperto meus sentidos

    da carne que me detém

    desperto molhado

    do gosto de teu corpo

    sentindo-te a meu lado

    entrelaçada em mim

    noite louca

    noite longa

    noite de encanto

    teu corpo a meu lado

    lindo suado

    do calor da noite

    de nossos corpos juntos

    amado

    desejado

    sentindo-te

    olhando em teus olhos

    amando cada centímetro de teu corpo

    teus seios expostos

    vendo teu sono profundo

    depois da labuta

    da noite amada

    sentindo teu calor

    que me faz transpirar

    sentindo o cheiro no ar

    das loucuras da noite

    sentindo tua pele que acaricio

    suavemente

    para não te despertar

    sentindo teu desejo por minha carne

    como eu sinto o desejo por tua carne

    desejo de retomar as loucuras da noite

    para que ela não se torne esquecida, perdida

    quero-te

    desejo

    amar-te

     

     

    de : jony be good

     

    14-06-2012

     


    votre commentaire


    Suivre le flux RSS des articles de cette rubrique
    Suivre le flux RSS des commentaires de cette rubrique