• -Hoje já nada sei

    Nas ruas por onde caminhei

    Não me recordo o que plantei

    Se as saudades presentes

    Ou os amores distantes

    Hoje recordo o tempo que passou

    E choro pelo que não vivi

    Mas não me arrependo

    Dos sonhos que idealizei

    Que sonhei e que também vivi

    Viajo pelo meu mundo e tento compreender

    As razões desta saudade

    Olhos que choram sem felicidade

    É assim que hoje vivo e sinto

    Com esta saudade que teima em ficar

    Hoje mais uma vez

    Sinto-me revoltada e magoada

    Vou tentar sobreviver

    Tentando perceber onde será que eu errei

    Ou realmente não nasci para amar e ser amada

     

    (desabafos de OJDS)


  • Commentaires

    Aucun commentaire pour le moment

    Suivre le flux RSS des commentaires


    Ajouter un commentaire

    Nom / Pseudo :

    E-mail (facultatif) :

    Site Web (facultatif) :

    Commentaire :